terça-feira, 15 de setembro de 2009

Guarani 3 x 2 Figueira.

Primeiro tempo

Tivemos um primeiro tempo simplesmente muito estranho, no popular foi um começo de partida maluca. Tomamos um gol aos 2 minutos que desmontou o sistema de jogo do Figueirense. O início da partida foi uma lástima, errávamos tudo, passes de dois metros, saída de bola, foi horrível. O Guarani estava muito ligado no jogo, muito disposto. Com um começo nada animador era difícil prever que iríamos virar dentro do primeiro tempo. E a melhora da atuação veio quando... Fernandes passou a ser o principal armador ao lado de Lucas, os dois foram muito bem, com craque é outra coisa. Fernandes fez o de praxe, deu belos passes, viradas de jogo e marcou bem. Outro ponto positivo foi o belo gol de Lucas, que enfim mostrou frieza na frente do goleiro. Como ponto negativo do primeiro tempo foi o não aproveitamento de algumas chances de gol, afinal, com um time organizado como o Guarani não se brinca. A principal melhora do time foi a de não desmoronar após o gol, claro, sofremos uma pressão mas conseguimos nos recuperar, isso num time jovem é pra se louvar. Jogamos boa parte do primeiro tempo melhor que o Guarani, o time Campineiro em certo momento jogava nos contra ataques. Com o fim do primeiro tempo o gosto foi de quero mais, com a consciência que poderíamos ter saído com um resultado positivo.

Segundo tempo

Novamente o Guarani entrou muito concentrado e o Figueira tentando equilibrar, segurar mesmo. Não tivemos grandes chances, Fernandes tocou menos na bola o que significa que produzimos bem menos que o possível. Tomamos dois gols, um de bola parada, um gol normal e um segundo gol que retrata muito bem Guarani, muita organização velocidade e vontade, fizemos um pênalti e eles converteram. Acredito que poderíamos ter feito um melhor segundo tempo, o problema é que enfrantamos uma grande equipe.

Os “Ses” não entram em campo

Se Fernandes não furasse uma bola no primeiro tempo, se o chute de Fernandes no segundo não tocasse na trave, se Schwenck não tivesse feito um gol contra poderíamos ter saído com um resultado positivo. Infelizmente o “Se” não entra em campo.

Destaques positivos: Fernandes e Lucas foram muito bem no primeiro tempo, além da evolução para a última partida, tivemos um time que fora de casa teve bons momentos. A luta do time também deve ser levada em consideração

Destaques negativos: O gol contra de Schwenck, os passes errados que desmontam qualquer equipe.

Abraço!

2 comentários:

Michel Antonio Vieira disse...

Pelo geito não viu o jogo até o final...
heuheuheu
o jogo foi 3x2 e não 3x1...
Corije ali po...
Um abraço!

Flávio Targino da Silva disse...

Joguei a toalha! Técnico cagão! 3-6-1 típico do Roberto Fernandes, aquele que foi execrado, ninguém merece! Perder tudo bem, mas perder começando já o jogo acovardado (como tem sido) é complicado. Alguém te de avisa ao técnico novo (?) que o Figueira tem de, pelo menos, tentar ganhar os jogos. E, porra... Alê de novo?