sábado, 15 de agosto de 2009

Figueirense 3 x 2 Duque de Caxias. Determinação.

Primeiro tempo

O jogo começou num ritmo meio lento. Sem grandes chances para os dois lados. Mas com o passar do tempo o Figueira dominou por completo o fraco Duque de Caxias. Fernandes foi um gigante na meia Alvinegra, realizando grandes passes e fazendo dois gols. Um dos gols foi de craque, tirou a bola do goleiro. Tivemos um time com toques rápidos e um time de atitude. Paulo Sérgio perdeu um gol feito, poderíamos ter metido três ou quatro no primeiro. Lucas mostra novamente que é o jogador essencial para o Figueirense, faz o futebol parecer fácil. É pelo lado dele que saem as principais jogadas. Um destaque da partida foi a nossa dupla de ataque, eles se viraram bem, mostraram um pouco de entrosamento e deixaram a defesa do Duque de Caxias de “cabelo em pé”. O time do Duque me lembra o Rafael Ueta, a cada chance de chutar a gol o faz, não importa em que parte do campo esteja. Muito fraquinho o time do interior Fluminense, um time digno talvez de uma pelada de luxo. O Figueira não tem nada a ver com isso e meteu dois no primeiro tempo.
O primeiro tempo foi a vitória do simples, do básico. Um time que sem invenções e mesmo cheio de desfalques faz a partida parecer simples.
O primeiro tempo foi uma amostra da vitória da atitude, da vontade.

Segundo tempo

Começamos o segundo tempo melhor que o Primeiro. Tivemos inúmeras chances, não aproveitamos a maioria e tomamos dois gols do Duque. Talhetti marcou seu gol, foi um momento muito legal ver este jogador marcando com a camisa Alvinegra. Como nota triste foi o Figueira tentar fazer o jogo ganhar emoção. Tomamos dois gols bobos.


Pitacos


Acertei a escalação, o além me iluminou.
Acerta a mira, Paulo Sérgio!
Vinicius goleiro do Duque de Caxias fez inúmeras defesas difíceis no segundo tempo.
Poderíamos ter goleado por 5, 6 ou até mesmo 7. Muitas chances perdidas.
Segundo tempo o Figueira chegava á área do Duque com muita facilidade.
Figueirense jogou melhor no segundo tempo, botou o Duque na roda.
Público pagante de 75 torcedores. Um recorde.
Gostei da dupla de ataque do Figueirense. Se entenderam muito bem.
Gramado do Estádio era muito ruim.
Egídio queimou minha língua. Criou ótimas jogadas pelo seu lado.
Tomar gol do Duque de Caxias não dá!
Estamos novamente colados no G4!
Fernandes é o cara!

Abraço!

2 comentários:

jbmartins disse...

Não é pessimismo, mais acho que o R Fernandes não é o Tecnico, acho que com ele não chegaremos ao objetivo, o segundo tempo mostrou como ele é fraco, tomamos um sufoco, faltou tudo no time, se tem mais 10 minutos de jogo empatariam, imaginem se é com um time arrumado, Guarani, Ponte Preta, Vasco, Portuguesa, Atl GO, e outros, nos confrontos com estes times ja ficamos fora do G4. se a Diretoria tem planejado, a elite de 2010, mude de Tecnico.

jbmartins disse...

Este time do Figueira esta muito facil de achar a maneira de jogar, 3 5 2 ou depedento o adversario 3 6 1, ate o amaro da Palhoça com mais 1 ou 2 reforços leva este time a seria A, mais com este tecnico não subiremos ele é maluco, alguem ja contou quantos jogos ele inventou e prejudicou diretamenta a tabela, Ceara, Juventude, Campinense, America em casa, Bragantino, e outras que durante o jogo não soube mexer, Atl GO e etc... é mutio pontos para o Maluco, só, não vamos nos iludir, so ele entrar em TPM, estamos ferrados de novo, SO ALVINEGRO SE ELE FICAR TORÇO MUITO PARA QUE ELE QUEIME MINHA LINGUA E EU VA LA NO SCARPELLI APLAUDI-LO, MAS DEPOIS DO ACESSO CONSEGUIDO E COM A FRUSTAÇÃO DE NÃO TER SIDO CAMPEÃO.